Mecenato

O projecto Mafra e as Linhas de Torres da Escola Secundária José Saramago é proposto no âmbito das comemorações dos 200 anos da 1ª. invasão e enquadra-se nas actividades de promoção do desenvolvimento cultural do concelho. A apresentar nos dias 4 e 5 de Abril de 2008, tem como objectivo divulgar, promover e desenvolver uma visão nova e diferente das Invasões Francesas, através do conhecimento da arquitectura militar do período, da história e vivência dos homens e mulheres, militares e civis, envolvidos na construção e defesa das linhas.

Esta actividade visa proporcionar à comunidade, em geral, e aos alunos, em particular, a oportunidade de conhecer o impacto que estas fortificações tiveram na história, tanto local, como nacional e internacional.

 Aproveitando o espaço existente no perímetro escolar, propomos: 

– a construção de uma fortificação permanente da época napoleónica à escala 1/6 em tudo semelhante às reais que constituem o património arquitectónico militar do concelho;

– a aquisição de figuras históricas articuladas que adicionarão ao cenário o complemento fundamental para a compreensão e funcionamento da estrutura;

– a construção de canhões à escala;

– a construção de um moinho à mesma escala que servirá como paiol e centro de observação;

– a aquisição de vitrines para exposição do acervo entretanto adquirido;

– …

Dada a relevância deste projecto, gostaríamos de contar com a vossa colaboração, através de um donativo, que nos ajude a fazer face às despesas inerentes à execução de um projecto desta natureza. A título individual ou em nome de uma empresa ou instituição poderá ficar associado/a como patrocinador/a deste projecto cultural, tendo como contrapartida a inserção do nome e logotipo no sítio associado ao projecto em https://linhasdetorres.wordpress.com e a inclusão no Livro de Honra da iniciativa. Se o valor da contribuição for significativo terá direito a afixação de uma placa/azulejo no local da fortificação a descerrar no dia da inauguração.Importa referir ainda que o vosso contributo constituirá donativo com relevância fiscal, nos termos do Estatuto do Mecenato, aprovado pelo Decreto-Lei nº 74/99, de 16 de Março com as alterações introduzidas pela Lei 160/99, de 14 de Setembro. A escola, obviamente, passará a respectiva declaração para os devidos efeitos fiscais. Quais são então as vantagens em ser mecenas deste projecto?
A satisfação pessoal e o prestígio que resultam da associação a uma actividade cultural de qualidade e de relevante interesse para a sociedade. O benefício dos incentivos fiscais previstos no Estatuto do Mecenato, na redução do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas (IRC) e das Pessoas Singulares (IRS). A divulgação do vosso contributo na internet e junto de toda a comunidade escolar. 

Que benefícios fiscais estão previstos para entidades que concedam donativos a entidades públicas?

REGIMES PREVISTOS PARA O MECENATO CULTURAL
Pessoas Colectivas (CIRC):
Aceitação como custos, na sua totalidade, dos donativos concedidos, majorados em 20%.

Pessoas Singulares (CIRS):
Dedução à colecta, dos donativos concedidos (majorados nos termos do regime aplicável às Pessoas Colectivas), em valor correspondente a 25%.

 Agradecendo desde já a vossa colaboração, ficamos a aguardar resposta, aproveitamos ainda  para convidar V. Exas. a passar pela nossa escola e participar nas nossas actividades abertas à comunidade. 

Com os melhores cumprimentos,

Rui Sousa

Responsável do Projecto

Published in: on Abril 19, 2007 at 12:05 am  Deixe um Comentário  

Advogados

cartaoa.gif

cartaog.gif

As “forças vivas” de Mafra começam a contribuir! Mais uma figura patrocinada pelos Advogados Augusto Gomes e Goreti Mendes Sousa.

Published in: on Abril 4, 2007 at 7:37 pm  Deixe um Comentário  

Quitécnica – modelos-miniatura de colecção

logo_quitecnicax.gif

Rua Pedro Ivo, 11C, 1700-313 Lisboa

Horário de Abertura da Loja:

2ª a 6ª – das 10:00-13:00  e das 15:00-19:30

Sábados – das 10:00-13.30 e das 15:30-19:00

Tel. (351) 218 483 366 * Fax (351) 218 472 104
Junto ao Teatro Maria Matos

A Quitécnica ofereceu uma figura para o projecto! Obrigado!

Published in: on Abril 1, 2007 at 6:10 pm  Comments (4)  

Primeiras figuras

rui_sousa.gif Para começar já dispomos de algumas figuras para o projecto. A escola tem no Pavilhão E uma pequena vitrine com duas das figuras 1/6 que farão parte do projecto. Para quem não conhece a escala e o rigor histórico vá até lá e aprecie. Vale a pena.

Published in: on Abril 1, 2007 at 6:01 pm  Deixe um Comentário  

Aos alunos

rui_sousa.gif Estendo os meus agradecimentos às Turmas A e B do 10º. ano e à Turma G do 11º. ano pelo entusiasmo demonstrado pelo projecto. Espero mais pessoal!

Published in: on Abril 1, 2007 at 5:52 pm  Comments (2)  

Como posso ajudar?

rui_sousa.gif A pergunta tem resposta. O projecto é para concretizar no início do próximo ano lectivo, ou seja, em outubro ou novembro de 2007. Até lá precisamos de todo o apoio da comunidade escolar e das “forças vivas” do concelho.

Aceitamos todas as sugestões para angariar os fundos necessários para aquisição de um número significativo de figuras. Mas não só.

O que propomos dentro da escola é o patrocínio de uma figura por turma. Assim, cada turma teria a sua figura, o que representaria uma ajuda essencial para a apresentação e guarnição da estrutura.

O que se ganha com isso? 

Primeiro, a ligação à escola e ao seu enriquecimento cultural será mais um motivo de orgulho para todos e constará sempre no registo dos que contribuiram para o seu sucesso. Segundo, a turma estará sempre associada ao lançamento do projecto. Terceiro, estarão sempre ligados à iniciativa, uma vez que o projecto é permanente e com um encontro anual. Já lá vamos… E por último, até agora nenhuma escola iniciou ou concretizou nenhum projecto desta envergadura.

Imaginem a surpresa de todos os alunos que visitam o convento e que almoçam na nossa escola ao saberem que podem aprender muito da História de Portugal dentro da Escola Secundária José Saramago. Acreditamos que será um motivo de interesse acrescido para a sua vinda a Mafra.

Published in: on Abril 1, 2007 at 5:46 pm  Deixe um Comentário  

A Fortificação

Este projecto pretende-se à escala 1/6 porque permite uma percepção suficiente sem perda de pormenores, resiste ao ar livre e possibilita que a fortificação seja guarnecida de materiais e figuras históricas à mesma escala.

untitled-31-copy.jpg

área de intervenção

untitled-24a-copy.jpg  untitled-4-copy.jpg

recorte da fortificação e da área de intervenção

A escala 1/6 representa figuras de cerca de 30cm ( tipo Action Man ) fabricadas por empresas de coleccionismo em que o rigor histórico impera. Desde 1999 que vários fabricantes apostam nas figuras militares de diferentes épocas contudo, as guerras napoleónicas só agora começaram a ter um pequeno espaço no mercado dos coleccionadores. Por enquanto temos um número reduzido de figuras da época napoleónica, mas com as comemorações dos 200 anos dos grandes embates do século XIX por toda a europa, mais figuras surgem no mercado.

As figuras de que dispomos são representativas dos exércitos de então, são articuladas e permitem guarnecer a fortificação com vinhetas ilustrativas do que se passava nas Linhas de Torres.

 did_carnot.jpg  80022-10.jpg 80023-4.jpg  80039-18.jpg  74002_jean.jpg

Published in: on Abril 1, 2007 at 5:11 pm  Deixe um Comentário